Galería de Fotos
Ver otras galerías:

Roda do Cais do Valongo - Brasil

CRESPIAL - CONCURSO DE FOTOS Y VIDEOS DEL PCI EN AMÉRICA LATINA 2012
TERCER PUESTO

Em agosto de 2008, a prática da Capoeira que, por muitos anos, foi considerada crime pelo Código Penal, e hoje é um símbolo nacional espalhado pelo mundo, tornou-se Patrimônio Cultural Imaterial brasileiro. A Roda do Cais, do Valongo tem como proposta reaproximar a capoeiragem ao Rio Antigo, à região da antiga Pequena África e atual Zona Portuária do Rio de Janeiro. A “Brincadeira de Angola”, assim como outras heranças culturais de origem africana, foi emblemática na construção e afirmação da identidade do carioca, e do brasileiro em geral, desde os primórdios do período colonial. No Cais do Valongo, considerado o maior entreposto de escravos das Américas, foi registrada a entrada de aproximadamente 897.748 entre 1758 a 1831 segundo o The Trans-Atlantic Slave, ou seja, quase 10% dos 10 milhões de cativos que foram retirados do continente africano de 1500 a 1850. O principal objetivo dessa Roda é celebrar e não deixar cair no esquecimento o legado cultural afro-brasileiro numa região onde a dinâmica dessa cultura se deu de forma tão dramática. Nesse dia, pretende-se consagrar a Roda do Cais Valongo a essa memória e à história que agora está ressurgindo por debaixo do “Cais da Imperatriz”, que encontra-se em pleno processo de revitalização devido as obras na região da Zona Portuária, impulsionadas pelos grandes eventos esportivos que o Rio receberá a partir de 2014.

Autor: Maria Buzanovsky - Brasil

 
Centro Regional para la Salvaguardia del Patrimonio Cultural Inmaterial de América Latina

Copyright © 2014 CRESPIAL
Urbanización Larapa Grande C-6-1 Av. 3 Las retamas, San Jerónimo, Cusco, Perú.
Telefax: +51 84 310308