Agenda CRESPIAL

30.01.2017 | 30.01.2017

IPHAN recebe nova diretora do CRESPIAL

IPHAN recebe nova diretora do CRESPIAL

Reforçar as parcerias multinacionais e traçar de novos planos conjuntos de atuação foram alguns dos assuntos tratados durante reunião entre a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa, e a nova diretora do Centro Regional para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da América Latina (CRESPIAL), Adriana Molano.

O encontro realizado na sede do Iphan em Brasília, nesta segunda-feira, 30 de janeiro, contou também com a participação dos diretores do Departamento do Patrimônio Imaterial (DPI) e de Articulação e Fomento (DAF), Hermano Queiroz e Marcelo Brito, respectivamente, além dos assessores Fernanda Pereira, Rafael Volochen e da técnica do Instituto, Ivana Cavalcante. 

Kátia Bogéa e Adriana Molano discutiram sobre os desafios para a preservação, valorização do Patrimônio Cultural Imaterial latino-americano, e sobre como a parceria pode contribuir para a promoção dos bens culturais da Região. Uma das propostas é realizar uma exposição com dupla curadoria que apresente a riqueza patrimonial dos 15 países participantes do Centro Regional: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, no âmbito da celebração dos 80 Anos do IPHAN.

O Iphan, cujo Departamento do Patrimônio Imaterial (DPI) é o núcleo focal no Brasil, é uma das instituições mais antigas da América Latina a tratar da temática, completando em 2017 80 anos de atuação. O Brasil possui uma boa expertise na aplicação da Convenção de Salvaguarda, uma vez que o Decreto 3551 de 2000 é anterior a ela, sendo fonte de inspiração para o documento da UNESCO, afirma Kátia Bogéa. Desde então, o Brasil possui 40 bens registrados como patrimônio Cultural brasileiro e seis bens considerados Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. 

As dirigentes também trataram do acordo de Cooperação com o CRESPIAL, por meio do Centro Lúcio Costa (CLC) e do DPI, para a realização de atividades conjuntas, entre elas o Curso de formação em gestão do patrimônio cultural imaterial, destinado a todos os países que compõem o CLC e o Crespial, e que terá sua segunda edição em 2017, o projeto Guarany, já em curso, e outras temáticas relevantes ao campo do PCI.

Adriana Molano Arenas

A antropóloga colombiana assumiu em 02 de janeiro as funções da Direção do CRESPIAL para o período 2017-2020. Com especialização em Políticas Culturais e Gestão de Artes, Adriana Molano possui experiência no desenvolvimento e implementação de políticas públicas participativas sobre questões culturais. 

No nível internacional, Adriana Molano foi coordenadora do grupo de patrimônio cultural imaterial do Patrimônio do Ministério da Cultura colombiano de 2008 a 2015. Também desenvolveu consultoria para a Unesco, sendo ainda especialista da estratégia global para o fortalecimento capacidades nacionais para a salvaguarda do patrimônio cultural imaterial na América Latina e no Caribe.  

<< Regresar a Agenda CRESPIAL
 
Centro Regional para la Salvaguardia del Patrimonio Cultural Inmaterial de América Latina

Copyright © 2014 CRESPIAL
Urbanización Larapa Grande C-6-1 Av. 3 Las retamas, San Jerónimo, Cusco, Perú.
Telefax: +51 84 310308